28 agosto 2015

{Resenha} Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins





Sinopse:"Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?"



Título: Anna e o beijo francês

Autor: Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura estrangeira
Páginas: 286
Ano: 2011


Anna Oliphante não podia estar mas feliz! Residente da cidade de Atlanta na Georgia, começa a se preparar para o último ano escolar. Sua amiga Bridgget sempre ao seu lado e seu mais novo amor.. Todh. Mesmo quando namorava com o Matt nunca deixou de desejá-lo, mas uma notícia de seu pai acaba com tudo. Seu velho pai, o qual ela morria de vergonha. Ganhava a vida como escritor produzindo romances dramáticos envolvendo sérias doenças. Alguns teriam orgulho mas, Anna não. Desprezava o pai pelo simples fato de se beneficiar com coisas horríveis como a vida desesperada ou a morte. Como se não bastasse isso, ele lhe dá de "presente" o último ano em uma escola do exterior sem deixar espaço para a menina recusar. E aí começa a sua aventura. Voa para Paris, matriculada da SOAP ( School of America in Paris ), uma escola francesa pra jovens americanos, deixando para trás sua melhor amiga e Todh. Quando chega conhece logo Meredith, uma menina loira que adora futebol. E então, ela conhece St. Clair. Aah... Étienne St. Clair.  Lindo, charmoso e educado. Porém, com um grande defeito, comprometido. Se torna amiga deles, também de Rashmi e Josh. Pelo que Rashmi diz St. Clair e Ellie namoram, ao que parece, uma eternidade. Como se não bastasse descobre que Meredith também o ama. Aah Étienne, porque tão difícil? Porém, as coisas começam a melhorar quando Anna se aproxima mais dele. Vão para o cinema, creperia e no colégio estão sempre juntos. Ele a leva para conhecer Paris, seria perfeito. Se, no final, Ellie não tivesse aparecido e se jogado nos braços dele. Como se não bastasse, ainda o levou e a deixou sozinha. Ela acabou por guardar esse sentimento. Tempos depois, St. Clair descobre de uma doença com a sua mãe. O temido câncer a ameaça. Em uma noite, chega ao quarto de Anna com seu melhor amigo, puramente bêbados e em meio a tudo ele deixa escapar "Eu gosto de você Anna. Mas não como amigo." Ela prende a respiração. Será que seria verdade mesmo? Então ele vomita nas pernas dela. Os dias passam e Anna tenta reprimir essa lembrança. Étienne e Ellie estão em fase turbulenta. No feriado de ação de graças, todos voltam para suas casas, menos Anna e St. Clair. Sozinhos na SOAP decidem aproveitar os feriados juntos indo ao cinema, turistando em Paris... No final, nada muda entre eles. No natal, cada um volta para suas casas, St. Clair irá visitar enfim a sua mãe. Anna irá ver Todh, mas não vai sair bem como o planejado. No final, voltará a Paris com o coração em pedaços. Ainda enfrentando Ellie ela pensa em Étienne cada vez mais e acredita que ele não se interessa por ela. Contudo, se Anna fosse esperta o suficiente, notaria que desde sua chegada na SOAP ele a trata de modo diferente, lhe elogia demais e com tudo o que se passou na Ação de Graças, só ela mesmo pra não perceber. Ele amava ela também. Mas porque, já que se amavam, não estariam juntos? Será que no fim conseguiriam vencer as barreiras impostas a eles? Anna irá conseguir ou não o seu esperado beijo francês? 




"Nós seguramos um o olhar do outro. Seu sorriso se amacia e ele me cutuca de novo. Eu descanso minha cabeça em seu ombro quando as luzes da escada se apagam. Elas estão no temporizador. - Obrigada, Étienne."

Acho que essa não é apenas minha primeira resenha como a mais dificil que eu farei em muito tempo. Depois de tanto me indicarem e pediram para ler, não aguentei de curiosidade. E sabe o que achei? PERFEITO! Não tenho explicações para esse livro! Todo o tempo que esperei para ler valeu a pena. Simplesmente, AMEI! O devorei em menos de 24 horas simplesmente porque não tinha como parar. Stephanie me ganhou mais uma vez com essa belezura. Seu jeito de escrever faz com que nossa curiosidade tome conta de nossas vontade tornando a leitura cada vez mais especial e da pra sentir na pele cada tristeza e felicidade da Oliphante. E nos pequenos detalhes, ela encanta e não deixa nada a desejar. Só possui 296 páginas, mas quando terminei de ler, imaginei umas 500 de tanta história. Indico, indico, indico demaisssss. Virou meu xodó! Coração preto grosso



5 comentários:

  1. Ameii ler esse livro... Uma leitura gostosa e despretensiosa ♥
    Gostei da sua resenha! Parabéns!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi falar muito desse livro e várias vezes coloquei ele nas lista, mas sempre acabo colocando outros na frente, agora me incentivou a ler! Gostei da resenha!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha, esse livro parece ser realmente bom, lendo sua resenha da até vontade de ler o livro!

    ResponderExcluir